Vamos olhar para a cidade sem que ela precise nos fazer “psiu”

Posted on Posted in TIEx

Fox 2Muitas vezes estamos tão focados em nossos pensamentos, organizando mentalmente as tarefas do dia a dia, que mal conseguimos saborear o que está acontecendo em nossas voltas. Eu mesma me pego andando na rua, cabisbaixa. Tá certo que existe uma dose de prudência, para evitar os possíveis buracos, mas desperdiço as boas informações que estão ao meu dispor. E qualquer boa informação pode ser um gatilho importante para uma grande ideia criativa.

Li a respeito de uma ação muito interessante, da artista plástica finlandesa Hanna Kaarina-Heikkilä, a qual espalhou 60 miniaturas de raposas de cerâmica por Londres, escondidas na paisagem. Quem as encontrassem, poderia carregar para casa. O intuito era “surpreender as pessoas em seu cotidiano, convidando-as a interagir com o lugar por onde andam”.

Isso me faz pensar que as cidades, mesmo as mais notoriamente incríveis, sofrem de carência de atenção. E que um olhar mais amável faria bem, no sentido de valorizar o que temos, mas também no de identificar como podemos contribuir para torná-las mais sustentáveis e prazerosas.

É dentro dessa filosofia que o Tow IN Experiência – Galeria vai nos engrandecer. Este workshop nos treinará a encarar com mais carinho e cuidado o que está ao nosso redor, e quem sabe poderá contribuir para uma solução que venhamos nos orgulhar por termos participado dela.

Acesse o link e confira!: http://experiencia.towin.com.br/galeria/

2 thoughts on “Vamos olhar para a cidade sem que ela precise nos fazer “psiu”

  1. Rosenildo, é muito bacana tentar olhar com mais ternura os problemas da cidade, não? Com certeza as soluções chegarão mais naturalmente e livres de ressentimentos. Este nosso encontro será muito especial, e sua participação muito valiosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *